Alexandre de Moraes nega pedido de liberdade a Roberto Jefferson

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF, rejeitou hoje (31/08), o pedido de libertação do preso político Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, pedido por seus advogados de defesa, e manteve sua prisão preventiva.

Para Moraes, Roberto Jefferson ameaça a ordem pública e a por isso sua prisão seria “imprescindível”. Moraes alegou também, não haver provas de que o ex-deputado enfrente problemas de saúde.

Na segunda feira Roberto Jefferson foi levado para uma unidade de saúde com diagnóstico de infecção nos rins, o que motivou sua defesa a pedir sua transferência para um hospital.

Para o o advogado Luiz Gustavo Cunha, “É uma questão humanitária, e, se o ministro Alexandre de Moraes não responder hoje, responderá por tortura”.

Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

três × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.