ALIANÇA TEM ATÉ MARÇO PARA DECOLAR OU VOU PARA OUTRO PARTIDO, DIZ BOLSONARO

Em mais uma de suas já tradicionais paradinhas em frente ao Palácio do Alvorada para falar com apoiadores o presidente Jair Bolsonaro declarou, na manhã de ontem (25/10), que estabeleceu como prazo até março para decidir em qual partido irá se filiar: “Em março eu decido; ou decola o partido (Aliança) ou vou ter que arranjar outro. Se não decolar, a gente vai ter que ter outro partido, se não, não temos como nos preparar para as eleições de 2022.”

Bolsonaro afirmou ainda, que o tempo está “exíguo” para o Aliança ficar de pé. O plano do presidente é agrupar seus aliados num único partido:. “O tempo está meio exíguo para a gente… não vai deixar de continuar trabalhando, mas eu vou ter que decidir porque não é por mim, né. Não tô fazendo campanha para 2022, tá, mas o pessoal quer disputar e queria estar num partido onde tivesse simpatia minha. Então essa que é a intenção”.

O Aliança conseguiu, até agora, validar somente 57 mil assinaturas no TSE, quantidade equivalente a cerca de 10% das 492 mil necessárias.

Bolsonaro tem possibilidades de ir para o PL, para o Republicanos, que já abriga dois de seus filhos, para o PTB ou para o Patriotas. Até o final do ano passado especulava-se com a possível volta do presidente ao PSL. No entanto, a posição da direção da legenda em favor de Baleia Rossi e contra Arthur Lira na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, mesmo contra a vontade da maioria da bancada de deputados, sugere que entrou ruído nas negociações e que essa hipótese possa estar fora do radar nesse momento.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.