GOVERNO GARANTE QUE TERÁ 30 MILHÕES DE SERINGAS PARA VACINAÇÃO ATÉ O FIM DE JANEIRO

Ante a pressão da demanda e a elevação dos preços das seringas para vacinação da população o governo foi a campo para resolver o problema rapidamente e encontrou uma solução.

O Ministério da Saúde conseguiu garantir o fornecimento de 30 milhões de seringas e agulhas junto à Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo), após reunião entre representantes do governo e da entidade.

Em acordo com três fabricantes ficou acertada a entrega de 10 milhões de unidades, por cada um deles. Trata-se de um lote inicial que deve garantir a execução do cronograma do Plano Nacional de Vacinação sem interrupções.

Segundo informou o Ministério da Saúde em nota à imprensa, seus “Representantes realizaram uma requisição administrativa, na forma da lei, de estoques excedentes junto aos fabricantes das seringas e agulhas, representados pela Abimo. Isso enquanto não se concluiu o processo licitatório normal, que será realizado o mais breve possível. A requisição administrativa é um mecanismo previsto na Carta Magna através da qual o poder público pode usar temporariamente bens privados “no caso de iminente perigo público”.

O mecanismo prevê indenização as fabricantes para que não sofram dano com a obrigação de garantir o fornecimento ao governo.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.