JUSTIÇA ANULA QUEBRA DOS SIGILOS BANCÁRIO E FISCAL DE FLÁVIO BOLSONARO

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou ontem (23/02), por 4 votos a 1, a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). A quebra dos sigilos do senador aconteceu em abril de 2019 e tem origem na investigação do caso das “rachadinhas”.

A decisão retira essas provas do processo e enfraquece sobremaneira a denúncia contra Flávio, que foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e por suspeita de liderar um esquema de desvio de parte dos salários dos assessores pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Estão previstos para a próxima semana o julgamento de mais dois recursos no STJ, que podem anular definitivamente a investigação contra o senador. Considerando-se o peso das provas obtidas pela quebra de sigilo agora anulada, não e de todo descartável que a investigação termine arquivada. É o que defendeu Flávio Bolsonaro em entrevista concedida ontem à CNN.

Votaram pela anulação os ministros João Otávio de Noronha, Reynaldo da Fonseca, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.