JUSTIÇA MANDA YOUTUBE REATIVAR TERÇA LIVRE

Após recurso ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o jornalista Allan dos Santos conseguiu finalmente que o YouTube restabelecesse os canais principal e reserva do Terça Livre.
A decisão é do desembargador Antônio Carlos Mathias Coltro, que determinou que a Big Tech de mídia social pertencente ao Google,  restabeleça as duas contas do canal Terça Livre. O canal comandado por Allan dos Santos teve as contas encerradas no dia 4 de fevereiro sob a acusação de  violações aos termos de uso da plataforma.
Para o desembargador, a medida foi ‘desproporcional’ e violou garantias de liberdade de expressão. O pedido para restaurar os canais havia sido negado em primeira instância, o que levou o Allan recorrer  ao TJSP.
No despacho, o juiz Mathias Coltro atendeu ao pedido de Allan dos Santos alegando que O Terça Livre é um ‘canal estabelecido’, com equipe de 50 funcionários e ‘inúmeras despesas para sua manutenção’. “A remoção das contas da agravante na plataforma YouTube se mostra desproporcional, violando a garantia constitucional da liberdade de expressão e de informação”, afirmou Coltro.
(com informações OESP)
Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.