JUSTIÇA REVOGA PRISÃO DE EDUARDO CUNHA

Eduardo Cunha

O ex-presidente da Câmara do Deputado, Eduardo Cunha, teve sua prisão revogada ontem (28/04) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O ex-deputado, que cumpria prisão domiciliar, poderá, a partir desse decisão, deixar de usar tornozeleira eletrônica.

Mesmo com essa decisão do TRF-4, o ex-deputado prosseguirá em casa, em função de uma medida cautelar de recolhimento domiciliar que há contra ele em função da operação Sepsis, que investiga desvios na Caixa Econômica Federal.

A decisão do TRF4 de revogar a prisão preventiva do ex-deputado foi unânime no tribunal, e atendeu a pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Cunha.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.