LOTE DA VACINA DE OXFORD IMPORTADO DA ÍNDIA SÓ CHEGA EM DUAS SEMANAS

O lote de 2 milhões de doses da vacina de Oxford, fabricado na Índia pelo Instituto Serum em parceria com o laboratório Astrazeneca, só devem ser exportados ao Brasil no prazo de duas semanas.

A informação, foi repassada pelo diretor do instituto, Adar Poonwalla, ao jornal The Times of India, no dia 15/01), e confirmada  pela CNN Brasil.

O presidente Bolsonaro, no entanto, chegou a anunciar, também do dia 15/01, que o avião fretado para buscar as vacinas na Índia partiria em “dois ou três dias, no máximo”. O governo tenta, por vias diplomáticas, apressar a remessa do lota para iniciar se uso imediato, pois enfrenta problemas burocráticos para importar a matéria prima da vacina de Oxford da China.

A informação que circula na mídia é de que o governo indiano não quer exportar vacinas antes de expandir a vacinação no próprio país. A imunização da população na Índia começou no sábado (16/01).

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.