PAZZUELO NÃO RECEBERÁ PUNIÇÃO DO EXÉRCITO POR ATO COM O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O Exército decidiu que não vai punir o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello pela sua participação num evento com o presidente Bolsonaro no Rio de Janeiro no dia 23 de maio.

Segundo avaliação do comando do Exército divulgada em nota pública, “não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar” por parte do general Pazuello, e por isso, o processo disciplinar foi arquivado: “Acerca da participação do general de divisão Eduardo Pazuello em evento realizado na cidade do Rio de Janeiro, no dia 23 de maio de 2021, o Centro de Comunicação Social do Exército informa que o comandante do Exército analisou e acolheu os argumentos apresentados por escrito e sustentados oralmente pelo referido oficial-general”. “Desta forma, não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do general Pazuello. Em consequência, arquivou-se o procedimento administrativo que havia sido instaurado.”

Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.