SÁBADO DESEMBARCAM NO BRASIL INSUMOS PARA FIOCRUZ FABRICAR VACINA DE OXFORD NO BRASIL

O Ministério da Saúde confirmou, na tarde de hoje (04/02), que os insumos produzidos pelo Laboratório AstraZeneca para produção no Brasil da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, e que a Fundação Oswaldo Cruz precisa para produzir a vacina de Oxford na unidade da Biomanguinhos/Fiocruz, no Rio de Janeiro, desembarcam no aeroporto do Galeão, no Rio, às 17h50 de sábado (06/01), vindo de Xangai.

A fábrica da unidade BioManguinhos da Fiocruz tem condições de o envasar cerca de 15 milhões de doses por mês, a partir da chegada do chamado IFA (ingrediente farmacêutico ativo).

O planejamento da Fiocruz prevê a entrega de 100,4 milhões de doses até o fim do primeiro semestre ao Ministério da Saúde.

Enquanto o lote da vacina fabricado no Brasil não fica pronto, o Ministério da Saúde receberá 10,6 milhões de doses prontas da vacina de Oxford por meio do consórcio Covax Facility, com o qual o Brasil tem contrato para receber 42,5 milhões de doses.

Segundo informações recentes da universidade de Oxford, o índice de proteção da vacina três semanas depois da primeira dose chega a 76%, e a 82,4% com a segunda dose em 90 dias.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.