STF CONFIRMA PRISÃO DO DEPUTADO DANIEL SILVEIRA POR UNANIMIDADE

Plenário do STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) referendou  por unanimidade a decisão do ministro Alexandre de Moraes e deliberou por manter a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), por emitir opiniões críticas a membros da Corte.

O relator e mandante da prisão ilegal, juiz Alexandre de Moraes, reafirmou os argumentos que justificariam a a prisão do deputado, evidenciando que o parlamentar desdenhou da sua detenção já que “correu para um quarto e gravou um vídeo (…) mostrando desprezo pelas instituições. Pasmem, no momento da efetivação da prisão, correu para um quarto e gravou um vídeo colocando novamente no Twitter, no YouTube, novamente mostrando desprezo pelas instituições. Dizendo que agora era uma queda de braço, chamando para violência. Dizendo que já foi preso… e isso renova a necessidade realmente da manutenção da prisão em flagrante, já foi preso mais de 90 vezes na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, da qual ele foi expulso. Dizendo que não se importava mais porque agora estava disposto a matar, a morrer e a ser preso ao se referir aos ministros do Supremo Tribunal Federal.”, afirmou Moraes.

O julgamento foi rápido, com o presidente do STF, Luiz Fux, solicitando o voto aos colegas, colhendo  decisão unânime com dispensa da leitura dos votos.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.