AUXÍLIO EMERGENCIAL PERMANENTE ARREBENTA COM A ECONOMIA, AFIRMA BOLSONARO

O presidente Bolsonaro, em seu passeio de moto ontem (2/8), passou o recado de que o auxílio emergencial criado pelo governo para socorrer famílias em função das quarentenas da pandemia do Covid19 não deve se tornar permanente. Sem apontar autores, Bolsonaro declarou:”Alguns estão defendendo o auxílio indefinido. Esses mesmos que quebraram os estados deles, esse mesmo governador que quebrou seu estado, tá defendendo agora o emergencial de forma permanente. Só que, por mês, são R$ 50 bilhões. Vou arrebentar com a economia do Brasil. Você sabe de quem estou falando. Se você não sabe, procure se informar”. O presidente também garantiu que a criação de um novo imposto, conforme proposta de Paulo Guedes, não aumentará a carga tributária.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.