BRASIL FEZ US$ 8 BILHÕES DE SUPERÁVIT DA BALANÇA COMERCIAL EM JULHO

Apesar do superávit movimentação geral caiu

O Brasil importou o montante de  US$ 11,50 bilhões em julho e movimentou US$ 19,56 bilhões no mês, produzindo como resultado um superávit da balança comercial de US$ 8,06 bilhões segundo dados divulgados ontem (3/4), pela Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. Trata-se de recorde se considerada a série histórica iniciada em 1989.

O superávit foi impulsionado pela demanda por produtos agropecuários brasileiros. A desvalorização do real no mercado internacional e a queda das importações devido à pandemia da Covid-19 contribuíram para o resultado.

A crise: números gerais dão noção da crise

Mesmo com  a produção desse recorde a pandemia também provocou uma queda 2,9% das exportações se comparadas com julho de 2019, ao passo que as importações encolheram 35,2%. 

“Temos de ter em mente que estamos vivendo uma crise. Em momentos de crise, é normal que as importações caiam e que você tenha excedentes exportáveis e que faça com que a balança comercial atinja saldos interessantes”, disse Lucas Ferraz, secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia. (informações Agência Brasil).

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.