FUNDO ISRAELENSE PODE INVESTIR NO SEMIÁRIDO NORDESTINO E CONTRATAR EXÉRCITO PARA EXECUTAR OBRAS

Investidores de um fundo israelense ligado a grandes famílias de Israel, procurados pelo governo brasileiro demonstraram interesse em investir num projeto do Plano de Desenvolvimento do Semiárido (PDS), informa a Revista Oeste. Os investidores foram informados das ações previstas para a região e se interessaram na concessão de um dos projetos do PDS. O aporte total deve ficar próximo de US$ 22,4 bilhões. Foi sugerido aos investidores a possibilidade de contratarem o Exército Brasileiro para tocar a obra, ideia que agradou aos investidores. Essa modalidade de contratação já existe nos EUA onde o Exército é responsável pela execução de obras de canais de distribuição, a um custo 40% abaixo do que o do que cobra o setor privado.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.