MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE LIBERA R$ 350 MILHÕES PARA BNDES FINANCIAR SANEAMENTO

Com foco na melhoria do meio ambiente urbano, o Ministério do Meio Ambiente vai liberar para o BNDES R$ 350 milhões do Fundo do Clima para investimentos em obras de saneamento e recuperação de resíduos sólidos. Atualmente, estima-se que 100 milhões de pessoas não possuem coleta de esgoto e que outras 35 milhões não têm acesso à água tratada.Os investimentos serão em obras de urbanização, condições sanitárias e meio ambiente. O valor liberado se destina a apoiar a construção de empreendimentos, a aquisição de máquinas e o desenvolvimento tecnológico. Esse investimento soma-se ao esforço de melhoria das condições de vida da população brasileira, que ocorrerá com o novo narco do saneamento recém sancionado pelo presidente Bolsonaro, e que trará como benefício adicional a geração de empregos em todo o país. “Saneamento e lixo, os grandes desafios ambientais das cidades brasileiras”, declarou em sua conta do Twitter Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente.

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.