PAGADOR DE IMPOSTOS BANCA CALOTE DE GOVERNADORES

Os pagadores de impostos desembolsaram R$ 1,263 bilhão em maio através do Tesouro Nacional para bancar as dívidas não pagas por quatro Estados e um município. a informação está no Relatório de Garantias Honradas pela União, divulgado hoje, 15/7. Desse montante, R$ 640,96 milhões são dívidas não pagas por Minas Gerais; R$ 564,21 pelo Rio de Janeiro; R$ 49,79 milhões pelo Rio Grande do Norte; R$ 3,98 milhões pelo Maranhão e R$ 3,76 milhões do município de Chapecó (SC). De janeiro a junho desse ano, você pagou R$ 5,51 bilhões em dívidas de Estados e municípios caloteiros, um crescimento de 29,78% em comparação ao mesmo período de 2019 (R$ 4,25 bilhões).
No acumulado de 2020, cinco Estados são responsáveis por 92,95% do valor coberto com seu dinheiro pela União: RJ (R$ 2,04 bilhões ou 37,08% do total), MG (R$ 1,93 bilhão, ou 35,05% do total), GO (R$ 553,18 milhões, ou 10,04% do total), PE (R$ 354,85 milhões ou 6,44% do total) e BA (R$ 239,80 milhões, ou 4,35% do total).

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.