PRESIDENTE DA ELETORBRAS RENUNCIA AO CARGO E MERCADO INTERPRETA COMO SINAL NEGATIVO PARA PRIVATIZAÇÃO

O presidente e membro do Conselho de Administração da Eletrobras, o executivo Wilson Ferreira Junior, que fora nomeado ao cargo em junho de 2016 com a missão de sanear e empresa e prepará-la para a privatização, renunciou ao cargo alegando motivos pessoais. Ferreira permanece no cargo até 05 de março.

O fato relevante foi comunicado ao mercado em nota e será feita uma teleconferência com os investidores da empresa nesta hoje (25/a0), às 15h.

Eis o teor da nota da Eletrobras:

“Sob sua gestão, a Companhia atingiu lucros históricos, reduziu sua alavancagem a patamares compatíveis com a geração de caixa, reduziu custos operacionais com privatizações de distribuidoras e programas de eficiência, colocou em operação obras atrasadas”, diz a nota.

“Simplificou a quantidade de participações acionárias, com a venda, incorporação e encerramento em cerca de 90 sociedades de propósito específico, aprimorou seu Programa de Compliance, padronizou estatutos sociais e alçadas de aprovação das Empresas Eletrobras e resolveu contenciosos importantes nos Estados Unidos decorrentes de reflexos da Operação Lava Jato, dentre outras realizações relevantes.”

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.