SERVIDORES QUE EMBOLSARAM AUXÍLIO EMERGENCIAL SERÃO DEMITIDOS

Levantamento o governo identificou 396.316 servidores que receberam indevidamente os R$600,00 do auxílio emergencial e vai demitir todos a bem do serviço público, além de processá-los por crimes de peculato e falsidade ideológica. Entre os  “espertos” que se apropriaram de cerca de R$279.674.400,00 estão 17.551 militares. Segundo o ministro Wagner Rosário serão poupados apenas aqueles cujos nomes e CPFs foram usados por golpistas. (informações do Diário do Poder)

Paulo Moura
Paulo Moura
dextrajornalismo@gmail.com
Sem Comentários

Postar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.